A Polinox detém o certificado de conformidade conforme a norma ISO 9001 desde 2003. Em 2010, conquistou o certificado ambiental ISO 14001, feito bastante incomum quando analisada a cadeia produtiva global de compósitos.
         A Polinox levou pouco mais de quatro meses para estabelecer o seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA), cuja auditoria ficou a cargo da Fundação Vanzolini. Foi relativamente rápido porque diversas atividades já se enquadravam nos requisitos da ISO 14001, entre elas, a destinação correta dos efluentes industriais e a preservação da mata ciliar do Rio Jundiaí, que passa ao lado da fábrica.